Você já se imaginou parando sua bicicleta nos canais floridos de Amsterdã pela manhã, comprando um café e seguindo para a escola, universidade ou mesmo para o trabalho? Se a resposta for sim, então esse post é para você. Nele você vai saber como é morar na Holanda por uma pessoa que viveu essa experiência.

Minha convidada é a Keith, ela tem 26 anos, é de São Paulo e mora atualmente na Holanda. Logo abaixo, ela vai compartilhar com você como foi parar na terra das tulipas e bicicletas, matar algumas das suas curiosidades sobre o país e, quem sabe, inspirar você a embarcar nessa aventura também. ☺

Continue lendo!

Com a palavra Keith Martins

Há um ano e meio atrás eu resolvi me arriscar e deixei o meu país para viver uma experiência nova.

Depois de muito pesquisar alguma maneira mais em conta de viver fora, encontrei o intercâmbio como Au Pair, que basicamente consiste em viver em outro país, na casa de uma família e cuidar das crianças dessa família durante cinco dias na semana.

Em troca disso, eu recebia um pequeno salário, moradia, alimentação e a oportunidade de fazer algum curso no país pago pela família hospedeira.

O intercâmbio tem duração máxima de um ano e meus planos eram voltar ao Brasil no final do programa. Mas como nem sempre a vida sai exatamente como planejamos, conheci meu atual namorado durante meu ano de intercâmbio e acabei ficando por aqui.

A vida tem dessas. Bom, agora que já estão por dentro da minha vida, vamos ao que interessa!

tudo sobre morar na Holanda

Como foi meu processo de adaptação na Holanda

Acredito que toda mudança venha carregada de, pelo menos, uma pontinha de dor e no meu caso com a Holanda não foi diferente.

Sentia muita falta da minha família e de casa (ainda sinto!), mas estava de coração aberto ao novo e queria absorver o máximo possível do meu intercâmbio.

Aos poucos fui me acostumando ao jeitão direto dos holandeses, a comer pão no almoço e a pedalar na chuva e no frio.

Uma coisa importante e que me ajudou também nessa adaptação foi o fato de que, apesar da língua oficial ser holandês, praticamente todo mundo fala inglês na Holanda. E muito bem.

Claro que aprender a língua oficial do país em que se vive é essencial, mas conseguir me virar em inglês, foi muito importante na minha adaptação.

Leia também:

Quanto custa viver na Holanda

Acho que desde que cheguei aqui, a pergunta mais frequente que recebo é sobre quanto custa morar na Holanda.

Apesar de achar essa uma pergunta muito relativa. Pois tudo depende do seu estilo de vida, eu sempre digo que, comparado a outros países europeus, a Holanda tem um custo de vida razoável.

Porém esses valores variam muito de acordo com a região em que se vive.

O preço de um aluguel em Amsterdã, por exemplo, é muito superior ao de uma cidade menor. O aluguel em Amsterdã é na verdade o mais caro em toda a Holanda. O preço por um quarto pequeno em apartamento compartilhado pode chegar a 600 euros por mês (sim, um quarto!).

Enquanto em outras cidades é possível encontrar apartamentos para duas pessoas pelo mesmo valor.

Aí vão alguns exemplos de preços do dia a dia na Holanda:

  • Capuccino: 2€ (aprox)
  • Menu McDonalds: 7€
  • Copo de cerveja em bar: 3€ (aprox)
  • Jantar fora: 20€ (aprox)
  • Seguro saúde: 100€ (aprox)

tudo sobre morar na Holanda

Como procurar um imóvel na Holanda

Há muitos sites para isso, entre eles o funda.nl, que acredito ser o mais popular por aqui. Ficar de olho em grupos de facebook também é uma boa, já que alugando diretamente com o proprietário, muitas vezes, sai mais barato.

Para curtas estadias, o Airbnb é a melhor opção.

tudo sobre morar na Holanda

Como é o transporte na Holanda

Acho que não é segredo pra ninguém que o principal meio de transporte na Holanda é a bicicleta, não é? Mas além dela, uso bastante o trem, metrô e ônibus, que funcionam muito bem. Os valores variam bastante, pois dependem do trajeto.

Nos sites http://www.ns.nl/ e http://9292.nl/ é possível checar valores e trajetos para você ter uma ideia de custos.

tudo sobre morar na Holanda

Leia também:

O que menos gosto em morar na Holanda

Lembro que, principalmente no início, o que mais me fazia sentir falta do Brasil era o clima. Cheguei ao país em fevereiro, bem no inverno.

Não estava tão frio (aproximadamente 10 graus), mas era chuva e vento rebelde todos os dias e isso combinando com bicicleta, era um pesadelo pra mim.

Mas a gente se acostuma a tudo nessa vida e hoje pedalo embaixo de sol, chuva, neve e por aí vai. Mas vou sempre preferir primavera e verão.

tudo sobre morar na Holanda

O que mais gosto em morar na Holanda

Passada a fase de adaptação, eu passei a amar a liberdade que a bicicleta me trazia.

Não precisar de carro, encarar trânsito, colocar gasolina, pagar estacionamento (que é um absurdo de caro por aqui), fez da bike minha melhor amiga. Até hoje! 🚲

Há muitas outras coisas que amo em morar na Holanda. Mas as mais importantes, além dessa que já citei, são a segurança do país e, consequentemente, a qualidade de vida.

Claro que crimes acontecem em todos os lugares do mundo, mas não caminho sempre com medo por aqui como fazia no Brasil.

A verdade é que eu poderia passar horas contando tudo que amo (ou nem tanto) por aqui, mas o mais importante agora vocês já sabem. Espero que gostem e se inspirem para conhecer, ou quem sabe morar, nesse país incrível!

👉 Mais sobre a Keith – se você quer saber mais sobre a Holanda, a vida de Au Pair e outras curiosidades, a Keith tem um blog cheio de informações e dicas. É só acessar o www.kemartins.com e seguir o @keemartins no Instagram.

Até a próxima!

Faça parte da tripulação!

Increva-se para receber dicas em seu e-mail. É free e nada de spams. 🙂