Sobre quem viajou

Olá, seja bem-vindo!

Se você não tem muito tempo e quer apenas saber por alto quem é que resolveu escrever aqui, vamos lá:

Eu me chamo Lívia (mas sempre utilizo o nome Líh Freitas por aí), acabei de chegar aos 30 😖, sou paulistana, formada em jornalismo. Amo castelos, sempre quero conhecê-los em minhas viagens, também sou apaixonada por fotografia (embora não seja profissional).

Viajar para mim é muito mais do que colecionar uma lista de lugares que já fui e poder encher meu Instagram com fotos bonitas, provando que a vida é bela. Cada vez mais, o que realmente me motiva a ir para outros países é poder conhecer culturas, costumes, pessoas.

Ah, isso sim é o que me move. 😊

Se você quer saber um pouco mais sobre como tudo isso aqui começou, então vamos lá:

Eu sei que São Paulo é enorme. Só que em 2013 ela ficou pequena para mim, quero dizer, já fazia tempo que eu buscava uma nova experiência. Desde muito cedo eu sempre quis fazer intercâmbio, mas faltava mesmo coragem, planejamento e o que acontecia? Eu deixava meu sonho para depois.

Mas a vida é sábia. De um jeito completamente doloroso ela me tirou da zona de conforto e foi só aí que eu finalmente fui buscar aquilo que sempre quis. Em 2014 eu embarquei para a Irlanda, Dublin mais precisamente. Fiquei lá por um ano, depois do intercâmbio, meio perdida sobre o que fazer da vida, tive a oportunidade de ir morar na França e foi lá que eu percebi que o mundo era mesmo a casa que eu queria.

Em 2016, resolvi tirar um tempo como nômade digital (sabe como é, acabei entrando na onda 😊) e passei por alguns países como a Croácia e Romênia. Desde então, tive a oportunidade de conhecer muitos lugares lindos e crescer muito como pessoa.

Hoje, a minha filosofia de vida é:

“To live is the rarest thing in the world. Most people exist, that’s all”.

– Oscar Wilde.

O que isso quer dizer? Que eu quero experimentar tudo que puder e não perder mais tempo. Eu quero é explorar cada parte do mundo e muito mais do que viagens, as experiências que aprendo em cada uma delas é o mais importante.

Se você também é um apaixonado pelo mundo e suas culturas: welcome home!

Um beijo,

Líh Freitas 🌍

Compartilhe sua opinião

Close