Viajar para Cuba é um passeio fascinante no tempo e na história de um país que viveu no luxo por anos por receber governantes e magnatas americanos, mas que ao mesmo tempo, se esqueceu do seu povo.

Havana é uma cidade de contrastes. A riqueza de outra época se mistura com a realidade pobre dos dias atuais. Se você esticar sua passagem por Cuba até Varadero, vai desfrutar de um mar com um azul deslumbrante e água bem quentinha.

Conhecendo Havana: o que ver e como se deslocar

Ao caminhar pelas ruas, você vai notar que a capital cubana é mal conservada. Há muita pobreza, principalmente na Habana Vieja, uma das zonas mais antigas da cidade.

Por onde você passar sempre vai se deparar com pessoas oferecendo serviços turísticos; passeios de charrete, carro e outros.

As opções de comida também não são muito variadas, já que eles têm dificuldades de receber alimentos e qualquer tipo de produtos devido ao embargo aos Estados Unidos. O governo fornece alimento e saúde básica aos moradores gratuitamente, mas as condições são bem precárias.

Mesmo assim o povo cubano é muito alegre. Gostam de dança, música e conversas, em pequenos estabelecimentos, sempre tem músicos se apresentando para ganhar algum dinheiro extra.

A melhor forma de conhecer Havana

Contratar um guia turístico é a melhor forma para quem quer conhecer sobre a história da cidade. Os cubanos são bem instruídos e vão contar tudo que aconteceu em seu país no passado com detalhes.

E é exatamente por meio dessa história que você pode viajar até os anos antes da revolução de 1959 e imaginar a Havana pomposa, rodeada de dinheiro e riqueza.

Esse passeio pode ser feito de carro. É preciso verificar esse detalhe ao contratar um guia, pois eles possuem veículos muito antigos, então antes de fechar, vale dar uma olhadinha no carro que vai levá-lo.

LEIA TAMBÉM:

Viajar para Cuba: principais pontos turísticos de Havana

Esses são os lugares que visitei e recomendo: 

  • Plaza de la revolucion
  • Plaza de Catedral
  • Calle Obispo
  • Capitolio Nacional
  • Fortaleza de San Carlos de la Cabaña
  • Memorial José Martí
  • Plaza de armas
  • Museu da Cidade
  • Plaza Vieja
  • Castillo de la real fuerza, passe pelo bar e restaurante
  • La Bodeguita de Medio que era frequentada pelo escritor Americano Hemingway – aqui vale a pena saborear um daiquiri, bebida típica do País.

Para os amantes de charuto, uma boa parada é a tradicional fábrica de charutos Partagás.

Se você quiser comprar charutos em Havana, tome cuidado com os vendedores ambulantes que cobram preços mais baixos, eles costumam ser de má qualidade.

O melhor é perguntar ao seu guia turístico, eles indicam lugares de confiança para comprar bons charutos.

Qual moeda usar em Cuba?

Esse tópico pode confundir os turistas, pois em Cuba há duas moedas utilizadas ao mesmo tempo:

O peso cubano só é utilizado pelos nativos da ilha, já os viajantes devem usar a CUC.

Não vale a pena levar euro e muito menos dólar, pois eles não são aceitos.

viajar para cubra - moeda

Idioma e temperatura em Cuba

Em Cuba o idioma oficial é o espanhol. Em alguns hotéis e pontos turísticos dá para encontrar alguém que fala inglês, mas se você conseguir se virar num portunhol já está valendo.

Na ilha o calor é bem intenso, os dias são bem quentes e úmidos, mesmo em agosto, que é inverno, você pode se deparar com temperaturas de 30 graus facilmente. Protetor solar, óculos escuro e boné são bem-vindos. 

Conhecendo Varadero: uma delícia do mar do Caribe  

viajar para Cuba - Varadero

Águas transparentes, calmas e de um azul encantador, assim é o mar em Varadero. Muitas vezes a água chega a ser tão quente ao entardecer que você terá a impressão de estar em uma piscina aquecida.

A maioria dos hotéis trabalham com o sistema all inclusive, o que pode ser uma boa opção se  levarmos em conta que o país sofre com falta de recursos. Eles também oferecem serviço de praia completo, com guarda sol, cadeiras e bebidas à vontade.

À noite, sempre tem apresentações de dança, normalmente grupos de salsa, e outras atividades. ARRIBA!

Como chegar em Varadero vindo de Havana

Você tem algumas opções para conhecer essa linda cidade do “mar caribenho”, as principais são:

De carro ????: Varadero está a cerca de 145 km de Havana, uma das possibilidades mais cômodas, confortáveis e cara é alugando um carro e fazendo a viagem por conta própria.

De ônibus ????: opção mais econômica e confortável, o único ruim é que o tempo de viagem aumenta, o percurso que pode ser feito em 2h sobe para 3h.

Uma das companhias que operam o trajeto é a Viazul, o preço da passagem é de 10 dólares, cerca de R$ 31.

De táxi compartilhado ????: uma forma de chegar a Varadero também é utilizando o táxi compartilhado. Aqui só vale lembrar que muitos desses carros não têm ar condicionado e nem cinto de segurança.

Visto de turismo para Cuba, como solicitar?

Para entrar no país de Fidel Castro, você precisa ter a “tarjeta de turistica”. A solicitação do visto ao consulado pode ser feita pessoalmente ou pelos correios.

A grande diferença é que indo até um consulado cubano você pagará apenas a taxa de mais ou menos R$ 45 e pega o visto na hora. Existem dois consulados no Brasil, um em Brasília e o outro em São Paulo.

Agora se você só puder fazer a solicitação pelos correios, além da taxa de R$ 45 é preciso pagar R$ 75 de trâmite, mais o sedex, cerca de R$ 50.   

Os documentos que precisam ser apresentados são seguintes: passaporte, passagem aérea de ida e volta, reserva de hospedagem e comprovante de pagamento da taxa.

Mais informações sobre o visto podem ser encontrados pelo site do consulado cubano.

Ah! Vale citar que o visto para Cuba tem validade para apenas uma entrada no país por um período de 30 dias.

Outra forma de conseguir o visto é por meio de agências turísticas credenciadas pelo governo cubano que vendem o cartão de turista.

Vai viajar para Cuba ou já conheceu o país? Comente!

Até a próxima! ✈

* Esse post foi uma colaboração da Lilian Freitas ❤ para o Eu Viajei.

Faça parte da tripulação!

Increva-se para receber dicas em seu e-mail. É free e nada de spams. 🙂