Londres Tower Bridge

Como assim você morou um ano na Irlanda e não foi em Londres? Essa perguntinha me perseguiu tanto que um dia decidi finalmente conhecer a terra da fofa rainha Elizabeth.

Tudo começou “super bem” logo na imigração. Uma fila pequena de 300 pessoas esperando ansiosamente por sua vez. Quando a minha hora chegou, foi aquela entrevista básica de 50 perguntas:

“desculpe, mas eu não lembro qual o meu tipo sanguíneo,sir”.

Ah, Londres então! Como eu estava na França voei pela Ryanair – aliás o que seria de nós viajantes sem a Ryanair 😊. Desembarquei só com a minha mochila de mão para economizar e não precisar pagar bagagem, é claro.

APRENDA AQUI: Truques certeiros: como viajar por companhia low cost com só a mala de mão

Quem chega em terras londrinas por companhias aéreas de baixo custo normalmente desembarca no aeroporto de Stansted, a 56 km do centro de Londres. Aí a forma mais barata é pegar um ônibus que faz o trajeto por cerca de 5 libras. Ele sai do próprio aeroporto, é o National Express.

London Eye, fish and chips e dias cinzentos

Londres_vista

Se um dia você já cogitou ir a Londres, sabe muito bem que os hotéis são BEM caros. Então, eu preferi escolher algo perto do metrô, mas um pouco mais afastado do centro.

Foi uma luta pra encontrar um hotel barato com os “menos piores” comentários. Enfim, fui parar no Euro Lodge Clapham. Só recomendo que você fique por lá se a sua estadia não for mais de 2 ou 3 dias.

E por sorte não encontrei nenhum percevejo no colchão, como diziam alguns dos reviews de outros hóspedes.

Oh my Gosh! 😧

A intenção era rodar a cidade sempre de metrô, então valia a pena comprar o cartão Oyster, ele dá descontos nas viagens e pode ser usado em qualquer meio: metrô, ônibus e barcos.

Londres_London Eye

Comecei o tour pela London Eye, estava ansiosa pra ver Londres de cima, tão ansiosa que acabei comprando o ticket que dá direito a duas entradas no mesmo dia. Ou seja, minha intenção era ver a cidade durante o dia do topo e também quando as luzes já estariam acesas, à noite.

A experiência foi bacana e existem várias opções de entrada, por isso é bom dar uma olhadinha no site da London Eye na hora de planejar seu roteiro.

Onde comer em Londres

Londres_fishandchips

Gastronomia nunca foi meu forte em viagens. Primeiro porque nunca tive um paladar super aberto para novos sabores, como dizia meu pai, sempre fui do tipo enjoada, se a cara da comida não me agrada, não como.

Segundo porque desde 2014 fiz a opção de ter uma alimentação vegetariana, com isso a quantidade de pratos que posso provar em outros países reduziu drasticamente.

A parte que continua me agradando muito na gastronomia é a confeitaria, então sempre vou caçar um lugarzinho pra tomar um bom café da tarde e beliscar um docinho.

Em Londres, o prato típico é o fish and chips que nada mais é do que um peixe empanado acompanhado de fritas, normalmente um molhinho também acompanha. Como eu não como carne, meu companheiro de viagem comeu e aprovou.

Escolhemos o restaurante Caffé Concerto que fica na Whitehall. O lugar é uma graça, bem decorado, boa localização, comida boa e preço razoável, lembrando que nada é barato em Londres.

Para quem gosta de bolos ou quer saborear o tradicional “Afternoon tea” o Café é perfeito. O menu está disponível no site e também é possível fazer reservas.

Cafés

Londres_telefone

Se você gosta de parar em cafés como o Starbucks, em Londres experimente a rede Costa Coffee, a empresa é britânica e oferece uma boa quantidade de chás no menu.

Pret a manger  

A rede de comida orgânica e natural. Eles prometem que nada na loja contém “ingredientes obscuros”. E boa notícia para vegetarianos e veganos, tem opções para nós!

Pubs

Esses sim são atrações imperdíveis na capital britânica, à noite sempre vale a pena parar para um lanche, uma cerveja ou mesmo uma cidra. Duas opções de pubs para conhecer, o The Mayflower e o Anchor Bankside.

Hard Rock Café

Pra quem curte a franquia do Hard Rock, uma boa ideia é fazer um lanche por lá. O de Londres é especial por ter sido o primeiro restaurante da rede a ser aberto, isso foi em 1971.

Dias cinzentos

Londres_vista_Big Ben

Quando em Londres, você descobre o valor de um guarda-chuva e uma blusa com capuz. Na minha passagem pela cidade, esses itens foram companheiros de todas as horas e esperar o sol para sair do hotel pode significar que você não vai sair nunca de lá.

Então, esteja preparado e vá anyway!

Visitando a Tower Bridge

Londres_towerbrigde

Uma das principais atrações de Londres, a Tower Bridge é mesmo linda, durante o dia e à noite também. A visita custa 9.80 libras se comprar na hora e 8.70 libras online.

O chão de vidro é uma das partes mais legais. São 42 metros de altura e você consegue ficar lá só observando os carros passarem, os famosos ônibus vermelhos e as pessoas que parecem tão pequeninas vistas lá de cima.

Se a sua condição física permitir, esqueça o elevador e encare a escada, é muito mais legal.

Palácio de Buckingham

Chegamos em um dos lugares mais badalados de Londres. O Palácio Real em si não me impressionou, eu digo a arquitetura, mas os arredores é muito bonito, os jardins, os monumentos, os altos portões pretos com ouro.

A atração mais popular é ver a troca dos guardas, ela acontece normalmente de segunda, quarta, sexta e domingo às 11h em Buckingham e às 10h30 no St James’ Palace & Wellington Barracks. Antes de ir, o melhor é verificar nesse site, já que podem acontecer mudanças de última hora.

A multidão vai tomando as calçadas com antecedência, todo mundo quer garantir um lugarzinho bom para ver o evento, então é bom chegar mais cedo. Eu não encontrei nenhum lugar que seja necessariamente melhor ficar do que outro porque os guardas vão passando por todas as partes.

Quando eles entram no palácio para fazer, de fato, a troca, aí sim só quem estiver grudado no portão vai conseguir ver. Porém quem ficou no portão não acompanha a música e parada que eles fazem pelo caminho, então fica um pouco confuso dizer se algum lugar é melhor que outro.

Mas, o site Visit London indica o Wellington Barracks e St James’ Palace como um dos melhores lugares para acompanhar a cerimônia.

Dá pra visitar o palácio de Buckingham por dentro?

De julho a outubro é possível fazer um tour e conhecer o palácio de Buckingham por dentro. São “apenas 775 cômodos decorados humildemente”. Os preços começam em 23 libras.

Mais atrações em Londres

Londres_toweroflondon

O percurso do rio Thames é bem gostoso de se fazer andando. Você pode começar na London Eye e ir até o Shakespeare’s Globe, por exemplo. Tem bastante coisa no caminho pra ver, parar, tirar foto, sentir a vibe londrina e, claro, desviar dos turistas.

Se você amar Shakespeare como eu, tente assistir uma peça em cartaz no Globe, pode valer a pena comprar com antecedência, elas esgotam rápido.

Se tiver alguma peça rolando, o tour pelo teatro pode ficar comprometido e, na minha opinião, só a exibição não é muito lá interessante. O preço de visitação é de 16 libras.

Outro ponto popular é a Tower of London, uma fortaleza real onde se pode ver uma exibição de armaduras e jóias da coroa. O local também serviu como prisão durante muitos anos.

E chega de roteiro!

É claro que todo lugar tem atrações populares que a gente quer muito conhecer, mas sabe que quanto mais eu viajo, mais eu aprecio a ideia de simplesmente curtir o lugar sem esquentar tanto a cabeça em visitar todo ponto de turista.

Aproveite mais a experiência, a cultura, isso é o que importa.

Anotações:

Londres_London Eye atração

  • London Pass – o preço varia de acordo com a quantidade de dias comprados, são cerca de 70 atrações inclusas. Faça uma lista dos lugares que você quer visitar e quanto vai custar, depois compare com o valor do Pass pra saber se vale a pena.
  • Ghost Bus – passeio legalzinho para curtir em Londres e saber histórias de terror. Adulto 21 libras.
  • Ônibus noturno – a cidade tem linhas noturnas caso você não queira usar táxi.
  • Big Ben – quem visitar Londres não poderá mais curtir as badaladas do relógio. Nos próximos quatro anos ele ficará em silêncio para reforma. Que triste!
  • Museu Madame Tussauds – atração pra quem quiser ver seus ídolos ingleses em cera.

Londres é uma cidade bonita, mas confesso que ela não roubou meu coração, quem sabe um dia eu tente uma segunda vez. Depois da sua visita, conta aqui pra mim o que você achou de lá.

Até a próxima! 🎡

Faça parte da tripulação!

Increva-se para receber dicas em seu e-mail. É free e nada de spams. 🙂